:O

Juventus e Manchester City se classificam para as quartas de final da Champions

Cristiano Ronaldo decidiu para os italianos, enquanto os ingleses golearam

 

Nesta terça-feira (12), Juventus e Manchester City se classificaram para as quartas de final da Champions League. Em dois jogos eletrizantes, os clubes se juntaram a Manchester United, Ajax, Porto e Tottenham na próxima fase do torneio.

Juventus 3 x 0 Atlético de Madrid

No jogo de ida, na Espanha, o Atlético de Madrid saiu na frente por 2 a 0. Porém, em Turim, na Itália, a Juve não sentiu a desvantagem e mostrou toda sua força ofensiva. Cristiano Ronaldo brilhou e confirmou porque é o maior artilheiro da história do torneio com um hat-trick.

O primeiro gol saiu aos 26 do primeiro tempo. Após pressão de bolas cruzadas dentro da área, Cristiano Ronaldo se antecipou ao zagueiro e marcou de cabeça. Na etapa complementar, aos 3 minutos, CR7 chutou e Oblak espalmou, porém, com o auxílio do VAR (árbitro de vídeo), o juiz pôde ver que antes do goleiro defender, a bola já havia entrado e deu o gol.

A partida ia para os pênaltis quando, há 5 minutos do fim do jogo, o árbitro marcou pênalti de Correa em Bernadeschi e Cristiano definiu a classificação.

Foto: Reprodução/ UFFA Champions League

CONFIRA TODOS OS CLUBES QUE JÁ CONQUISTARAM A CHAMPIONS LEAGUE

Manchester City 7 x 0 Schalke 04

Na Inglaterra, o City atropelou seu adversário e conquistou a vaga para as quartas de final, goleando o Schalke 04 por 7 a 0. O Manchester já estava com a vantagem, por ter vencido os alemães fora de casa,  por 3 a 2, mas não diminuiu o ritmo e protagonizou um passeio.

Até os 30 minutos do primeiro tempo a partida foi equilibrada, porém, aos 35, com a ajuda do árbitro de vídeo, o juiz francês Clement Turpin marcou pênalti de Bruma em Bernardo Silva. Agüero cobrou e, com sua famosa cavadinha, abriu o placar.

O Schalke sentiu o gol e demorou apenas três minutos para os ingleses ampliarem a vantagem. Agüero recebeu passa de calcanhar de Sterling e mandou para o fundo da rede. Aos 42, Sané ainda recebeu livre e bateu no contrapé do goleiro para marcar mais um para o City.

Na etapa complementar, Schalke recuou e o time de Pepe Guardiola manteve a superioridade. Após ter um gol anulado pelo VAR, Sané deu boa assistência para Sterling, que marcou o quarto gol, aos 11 minutos. O alemão continuou fazendo grandes jogadas e, aos 18, fez mais uma passe na medida para Bernardo Silva fazer o quinto, além de servir Foden para driblar o goleiro e marcar o sexto, aos 33 minutos.

Substituto de Agüero, Gabriel Jesus completou a goleada histórica em falha do goleiro do Schalke, aos 39 minutos.

Foto: Reprodução/Instagram

Quer acompanhar de perto a final da Champion League? Confira os pacotes do Avião da Torcida 2019 e realize o sonho de assistir ao jogo histórico do maior campeonato europeu.

RECOMENDADAS PRA VOCÊ

Deixe seu comentário