Campeões!

Conheça a história da Taça Jules Rimet e a transição para a Taça FIFA

O primeiro troféu foi criado em 1928 e a seleção brasileira é a única que o possui em definitivo!

 

A taça Jules Rimet foi criada em 1928 para honrar os países campeões das Copas do Mundo e foi usada no primeiro campeonato, em 1930. Ela media 35 centímetros e pesava 3,8kg de puro ouro. Mas nem sempre ela teve esse nome, originalmente ela se chamava “Taça Coupe du Monde” e as nações vencedoras ficavam com a posse transitória.

Ela foi criada pelo francês Abel Lafleur, representando a deusa grega da vitória. Somente em 1946 passou a ser chamada de Jules Rimet, em homenagem ao primeiro presidente da FIFA de mesmo nome.

Foto: Divulgação

De acordo com o estatuto, a seleção que ganhasse 3 vezes o Mundial levaria o troféu para casa. E assim aconteceu com o Brasil, campeão de 1958, 1962 e 1970, que encantou o mundo com seu futebol. Porém, ela foi roubada dos cofres da CBF, no Rio de Janeiro e nunca mais a encontraram. Os brasileiros ganharam uma réplica em 1986 que está exposta na sede da Confederação Brasileira de Futebol.

Para substituir a taça que ficou no Brasil, foi criada em 1974 a Taça FIFA, criada pelo artista plástico Silvio Gazzaniga. Ela mede 36,5 centímetros e pesa cerca de 6kg.

Sua estrutura representa figuras humanas segurando o planta Terra e, após o roubo da Jules Rimet, nenhum país pode ficar em definitivo com a taça. O país vencedor fica com ela por quatro anos e antes do próximo Mundial é trocada por uma réplica.

 

Uma curiosidade é que sua base só tem espaço para marcar as seleções campeãs até 2038.

RECOMENDADAS PRA VOCÊ

Deixe seu comentário

A Metropolitana FM informa que, ao comprar o pacote para o Avião Da Torcida 2019, o passageiro autoriza o uso e veiculação de suas imagens.